Ciclone Gombe atinge a provincia de nampula

A tempestade Gombe chegou à costa moçambicana na madrugada de sexta-feira dia 11 de Março de 2022 na categoria de ciclone intenso com chuva torrencial e vento de 165 quilómetros por hora, com rajadas superiores a 200 km/hora.

Localidades rasgadas por cheias, chuvas torrenciais, ventos na ordem dos 160 quilómetros por hora, voltaram a trazer memórias de destruição muito recentes neste país.

Às primeiras horas, as autoridades contavam, pelo menos, três mortos. Mas o balanço foi subindo rapidamente, dizem inúmeros testemunhos de Nampula e da Ilha de Moçambique.

Há estragos generalizados na região: Habitações de construção tradicional foram derrubadas, todo o tipo de telhados foi danificado, vários deles arrancados, e campos de cultivo foram destruídos.

As estatísticas do INGD apontam, ainda, para 3014 casas que ficaram completamente destruídas, afectando 30 664 pessoas, o equivalente a 6 147 famílias. Há, igualmente, registo de seis unidades sanitárias afectadas, 346 salas de aulas destruídas, o que afecta 14775 alunos.